Mostrando postagens com marcador Lula. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Lula. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Os 10 números que mostram a decadência do PT

Os especialistas em política já esperavam que o ParTidão não tivesse bons resultados nestas eleições, porém a análise mostra o impacto gigantesco da crise vivida pelo PT. São números realmente catastróficos.

Não foi uma surpresa, mas os números do PT nas eleições de 2016 conseguiram ressaltar o momento complicado pelo qual vive o partido que governou o país nos últimos 13 anos. Os recentes protestos pelo país que pressionaram a ex-presidente Dilma Rousseff, não só se espalharam para todo o PT como se refletiu no desempenho de seus candidatos, levando a uma grande queda no número de vitórias em todas as regiões.

E este efeito terá grande reflexo daqui para frente. Além da perda da força política para as eleições de 2018, o PT também deve ter grandes problemas no Congresso, por conta da menor capacidade de conseguir apoio pelo fato de que a sigla não terá muitas prefeituras para ajudar na campanha daqui dois anos.

Os 10 números catastróficos que mostram a decadência do PT

Veja abaixo 10 dados que mostram por que o PT saiu das eleições como o partido mais derrotado do país:

1 - Número de prefeituras A queda de prefeituras fará o partido voltar quase para o nível "pré-Lula". Em 2000, a sigla tinha 187 prefeituras pelo país, com um salto ocorrendo quatro anos depois, com apoio na vitória presidencial, passando para 411 prefeitos eleitos em 2004. O resultado do partido continuou crescendo, com o pico ocorrendo em 2012, quando o PT conquistou 644 prefeituras.

Neste ano, apenas 256 petistas foram eleitos, sendo que ainda existem mais sete que disputarão o segundo turno, podendo elevar o resultado para 263. Porém, mesmo no melhor cenário, com todos eles vencendo, a queda em relação a 2012 será de 59%, sendo o pior resultado entre todos os partidos.

2 - Ranking dos partidos Com a forte queda na quantidade de prefeitos eleitos, o Partido dos Trabalhadores também desabou no ranking por partidos. Em 2012 a sigla era a terceira na quantidade de prefeituras, este ano passou para décima, ficando atrás de DEM e PTB.

3 - Número de votos O partido também foi o que teve a maior queda em número de votos para prefeito no primeiro turno. Seus candidatos receberam, ao todo, 6,8 milhões de votos, contra 17,2 milhões há quatro anos, o que representa uma queda de 60%.

4 - Receita Com o resultado mais fraco nas urnas, o PT também deve ter menos receita e população administrada por seus filiados. O jornal Folha de S. Paulo fez um levantamento com dados de 4.817 cidades e informações na Secretaria do Tesouro Nacional, indicando uma queda de 84% no volume de receitas que serão geridas por prefeitos petistas. A estimativa, segundo a publicação, é conservadora, sem atualização da inflação. A receita, segundo este levantamento, deve cair de cerca de R$ 84 bilhões em 2012 para R$ 13,5 bilhões.

5 - Derrota nas grandes cidades Não deixa de ser um reflexo do desempenho geral, mas o PT também mostrou um péssimo resultado quando o assunto são as grandes cidades (com mais de 200 mil eleitores). Das 94 maiores cidades do país, o PT só elegeu um prefeito e foi pra sete segundo turnos.

6 - Resultado para vereador No pleito para vereador o PT também mostrou grande perda de força elegendo apenas 2.808 candidatos. Isto deixa o partido na décima colocação entre as siglas que mais conseguiram eleger candidatos. PMDB, com 7.570, e PSDB, com 5.369, foram os dois partidos que mais tiveram vitórias.

7 - Sem força em seu próprio reduto No ABC Paulista, considerado o maior reduto petista, o partido não conseguiu ficar com nenhuma prefeitura. Em São Caetano a disputa já foi definida e colocou Auricchio (PSDB) como o novo prefeito. Já em São Bernardo do Campo o candidato petista não conseguiu nem passar para o segundo turno, que será disputado entre Orlando Morando (PSDB) e Alex Manente (PPS). Santo André é a esperança da sigla, que colocou Carlos Grana para enfrentar Paulo Serra (PSDB) no fim deste mês.

8 - Filho de Lula derrotado Nem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguiu mostrar alguma força no pleito. Em São Bernardo do Campo, um de seus filhos, Marcos Cláudio Lula da Silva, não conseguiu ser reeleito para o cargo de vereador. Marcos Lula é filho do primeiro casamento de Marisa Letícia, esposa de Lula, e adotado pelo ex-presidente. Ele teve apenas 1.504 votos este ano, enquanto em 2012 foram 3.882. 9 - Pior votação em São Paulo Desde 1992, o PT nunca ficou fora do segundo turno - ficou desta vez. Ao receber 16,7% dos votos válidos, Haddad ficou atrás até mesmo de Eduardo Suplicy, que, ao enfrentar Jânio Quadros na disputa pela prefeitura, em 1985, chegou à marca de 19,75%. 10 - Governadores perderam nas capitais Dos quatro governadores do PT (Acre, Minas Gerais, Piauí e Bahia), apenas o do Acre, Tião Viana, conseguiu superar as dificuldades e eleger o prefeito da capital. Em Rio Branco, o vencedor ainda no primeiro turno foi o engenheiro Marcus Alexandre, que renovou o mandato na prefeitura e conseguiu 54,8% dos votos válidos.
m.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/5607923/numeros-catastroficos-que-mostram-decadencia

quarta-feira, 16 de março de 2016

Lula é nomeado "primeiro ministro" da Casa Civil

Por conseguinte ele nomeou a Dilma como "rainha da Inglaterra", ou seja, teremos um parlamentarismo ou semi-presidencialismo, onde o ele manda e ela obedece.

Claro que ele não aceitou antes o convite por que não precisava de foro privilegiado e nem a Dilma dava o braço a torcer de mexer no governo. Eis que finalmente juntou a fome com a vontade de comer.

Pra frente Brasil, avante Seleção....

Lula é nomeado ministro; veja onde onde investir em meio a caos
Lula faz parte oficialmente da administração Dilma Rousseff


Até mais.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Bull Market Político na BM&FBOVESPA

Para variar o Kit Eleição voltou a atacar, Petrobras, Bancos, Elétricas e Vale, ou seja, aquelas empresas que tendem a se beneficiar diretamente com o fim do "desgoverno" atual.

O Ibovespa dispara 3% com delação premiada de Delcídio e ultrapassa os 46 mil pontos nesta tarde quinta-feira (03/03/2016) com a notícia de um suposto vazamento da delação premiada do ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), citando Dilma. Segundo as informações da Revista IstoÉ, Dilma tentou barrar o avanço da Operação Lava Jato, fato que faz nossa bolsa de valores descolar totalmente das bolsas internacionais, que hoje operam sem direção ainda repercutindo o cenário indefinido para o petróleo e a possibilidade de mais estímulos na China, além de dados positivos nos Estados Unidos

Veja mais a seguir:

Ibovespa salta 3% com delação premiada de Delcídio e ultrapassa os 46 mil pontos
bolsa de valores dispara com delação premiada de Delcídio

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Salário minínimo compra 2 lotes de Petrobras

Agora o povo brasileiro pode agradecer ao desgoverno eleito pela massa acéfala que conseguiu a proeza de deixar o mercado acionário petroleiro acessível a todo cidadão que ganha pelo menos um salário mínimo.



Quem vai encher o carrinho de ações da Petrobras??

DERROCADA 19-01-2016 | 18h35
Petrobras e Vale já caíram mais de 80% desde topo histórico em 2008; veja o ranking
Segundo levantamento da Economatica, 28 das 57 empresas que compõem o Ibovespa desabaram mais de 50% desde suas máximas históricas até o pregão da véspera

Até mais.

domingo, 27 de dezembro de 2015

O Bando - Paródia da música "A BANDA" de Chico Buarque



Estava à toa na classe o professor me chamou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Me encheu de frase de efeito destilando rancor
Pra me lobotomizar, me transformar num robô

O mensaleiro que contava dinheiro parou
E o blogueiro que levava vantagens pirou
A Namorada que gostava de Beagle
Parou para retocar a maquiagem

O Sakamoto que odiava o sistema curtiu
A Marilena que andava sumida Chauiu
A esquerdalha toda se assanhou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô

Estava à toa na classe o professor me chamou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Me encheu de frase de efeito destilando rancor
Pra me lobotomizar, me transformar num robô

Não tive saco pra encarar Bakunin nem Foucault
Gosto do Chico e acho que ele é um grande cantor
O Professor falou que a coisa mais bela
Era explodir bomba feito o Marighella

A Marcha rubra se espalhou e a direita não viu
O Paulo Freire virou santo e fudeu com o Brasil
A Faculdade toda se enfeitou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô


Eu vi que o capitalismo era feio e cruel
Eu vi que em Cuba era bom e que eu amava o Fidel
Anotei tudo no iPad e pus no computador
Depois eu vou te ensinar porque eu virei professor

Esta é uma peça de humor. A música que originou essa paródia chama-se "A Banda" e é de autoria de Chico Buarque de Holanda. O autor ou sua família não têm nenhuma relação com a letra da paródia que foi feita por Filipe Trielli. O autor da paródia se isenta de qualquer remuneração sobre os direitos autorais da mesma.

Águas de Junho

É Black, é Bloc, é o PT no caminho
É o caos planejado, é o fogo amiguinho
É a quebra do vidro, é mais um coquetel
É agência bancária, surra até em coronel
É um braço do Foro, é guerrilha urbana
José Dirceu black bloc bacana
É o Estado crescendo, cheio de mensaleiro
Mídia ninja fingindo que isto é ser brasileiro
É a rua fechada, é o fim do trabalho
É a polícia de quatro, é o Gilberto Carvalho
É a mídia afagando, é conversa rasteira
Das trevas da Globo, é mais uma parceira
É a Dilma, é o Lula, é a marcha do crime
Barricadas no chão, todos do mesmo time...
É um tributo a Fidel, é um apoio ao Irã
É o MPL, é o Brasil de amanhã...
É o fundo do poço, é o fim do caminho
Lula-lá deu palestra pro Irineu Marinho
É Farc, é USP, é uma boca de fumo
É filhinho de papai, é gigante sem rumo
É dia da criança, dia dos animais
É a figura oculta, é um cachorro atrás
Luiz Nassif, Paulo Henrique Amorim
É blog progressista
de onde é que vem o dindim?
É o projeto do PAC, é o Barak Obama
Tá tudo dominado é só lama, é so lama.
É um estádio é uma ponte a copa vem aí
Superfaturamento até no açaí
São revolucionários fazendo um Cubão
É a certeza de morte da população...
É Leandra Leal, de Abreu, é José
É a cultura na mão do Pablo Capilé
São revolucionários fazendo um Cubão
É a certeza de morte da população...
É Black, é Bloc, é o PT no caminho
É o caos planejado, é o fogo amiguinho
É um estádio é uma ponte é o maracanã
É dinheiro de monte pras ilhas Cayman
São bolivarianos na revolução
É a certeza de morte da população...

EIKE PEC BLOG PAC UBA PIG JEG FARC
ÓPA IFA FUT BOL ONU ONG USP PSOL

São Petistas ilustres roubando a nação
Esse ano o peru vai rolar na prisão.


Esta é uma peça de humor. A música que originou essa paródia chama-se "Aguas de Março" e é de autoria de Antônio Carlos Jobim. O autor ou sua família não têm nenhuma relação com a letra da paródia que foi feita por Felipe Moura Brasil e Filipe Trielli. Os autores da paródia se isentam de qualquer remuneração sobre os direitos autorais da mesma.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Privataria da Petrobras é a solução?

A Dona Petrobras acabou de completar 62 anos e é motivo de orgulho para o povo brasileiro, tirando a operação lava jato, o petróleo é nosso!
A solução para os problemas da companhia seria a privatização?

Vejam como este raciocínio é bem interessante:

O que é melhor para a Petrobras (ou menos pior)?

 
- Vender seus valiosos ativos a preço de banana, incluindo os do pré-sal? 

PETROBRÁS ESTUDA VENDER ATIVOS DO PRÉ-SAL
A Petrobrás está “olhando com atenção” para oportunidades de desinvestimento, sejam elas no pré-sal ou no pós-sal. Foi o que declarou a diretora de Exploração e Produção da estatal, Solange Guedes (foto), em uma teleconferência.
http://www.petronoticias.com.br/archives/67702


 - Perder os direitos dos 30% dos leilões do pré-sal, como está propondo o Serra ?
LEILÕES DE PARTILHA
O volume de reservas do pré-sal ainda não é um número definido oficialmente, mas o que todos sabem é que de fato há muito petróleo. O presidente da PPSA, Oswaldo Pedrosa, em debate sobre a área de Libra, no mês de julho, chegou a dar um número sobre o pré-sal, mas não detalhou as estimativas. Na ocasião, apontou que as reservas da camada estavam entre 28 bilhões e 35 bilhões de barris de petróleo, provavelmente referindo-se tanto às avaliações da área de Libra, quanto às da Cessão Onerosa e seus excedentes. O número, que pode ser ainda maior com futuras áreas a serem leiloadas, vai requerer um volume monstruoso de investimentos, e a capacidade de capitalização da Petrobrás será fundamental nesse quadro, já que ela terá que arcar com pelo menos 30% de todos os novos investimentos que surgirem, além dos 40% em Libra e dos 100% na Cessão Onerosa e excedentes. Resta saber se o preço do petróleo no mercado internacional continuará baixando e quais serão os futuros impactos que isso pode gerar na indústria brasileira. Neste sentido, uma frase de João Clark pode ter significados importantes em relação aos caminhos que o país poderá seguir: “O Brasil não vai deixar de produzir o petróleo por falta de capacidade de investimentos da Petrobrás”.
http://www.petronoticias.com.br/archives/58698

ou

- Fazer logo de uma vez esse aumento de capital?
LOBÃO DIZ QUE PETROBRÁS PODE SER CAPITALIZADA PARA LEILÕES DO PRÉ-SAL - 14. MAI, 2013
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse nesta terça-feira (14) que a Petrobrás pode ser capitalizada para os leilões do pré-sal que devem ocorrer a partir deste ano, caso a estatal tenha necessidade de fortalecer seu caixa... A Petrobrás está preparada para este tipo de investimento. Nós consultamos ela na época”, disse, completando: “No que precisar ser capitalizada, ela o será”. http://www.petronoticias.com.br/archives/28827 Nesse caso, a parte da União seria exercida através de 5 alternativas, a saber:

1) Via acerto de contas sobre o excesso da cessão onerosa, que a Petrobras já negociou com a União de pagamento de uns 10 Bi;
RESERVAS DO PRÉ-SAL PODEM TER O DOBRO DO VOLUME CONTRATADO PELA PETROBRÁS durante sua capitalização, em 2010. O contrato estabelecido no processo estabelece o direito de explorar 5 bilhões de barris nessa área.
http://www.petronoticias.com.br/archives/48011

2) Via acerto de contas ainda sobre a capitalização de 2010 onde está prevista pague uma diferença pra a União até o final de 2015; BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, pode querer uma compensação de até R$ 20 bilhões (US$ 6,6 bilhões) da Petrobras, de acordo com estimativa inicial do ministério, pela diferença entre o valor do barril usado na cessão onerosa em 2010 e o preço do combustível quando os campos do pré-sal foram declarados comerciais, segundo uma fonte com conhecimento direto das negociações. Em 2010, a Petrobras precisava de dinheiro para desenvolver as enormes descobertas que havia feito no pré-sal do Oceano Atlântico. O governo desejava vender ações para investidores externos sem colocar nenhum dinheiro seu, nem perder o controle da empresa. Por isso, trocou 5 bilhões de barris de reservas potenciais pelo equivalente a 2,4 bilhões de ações ordinárias da Petrobras, avaliadas em US$ 43 bilhões, e manteve o controle da companhia, a chamada cessão onerosa.
oglobo.globo.com/economia/petroleo-e-energia/levy-pode-cobrar-compensacao-da-petrobras-por-diferenca-de-preco-do-petroleo-da-cessao-onerosa-16201350
Mas conforme última matéria, a Petrobras "negociou" aceitando o preço de Petroleo bem + caro na epoca de comercialização (+ de 100,00)e vai entubar mais um prejuizo ainda em 2015... Ou seja, parece que estão determinado a matar a galinha de ovos de ouro que é a Petrobras!!!
http://www.petrobras.com.br/fatos-e-dados/revisao-do-contrato-de-cessao-onerosa-respostas-ao-valor-economico.
htm http://www.valor.com.br/empresas/3860876/petrobras-vai-deixar-de-receber-us-9-bilhoes

3) Via conversão de dívida que a Cia tem exposição do BNDES (cerca de US$ 18-20 bilhões) Uma possível oferta de ações da Petrobras é viável? Morgan responde O Morgan Stanley afirma que,"desde a intensificação da operação Lava Jato, temos visto uma oferta de ações como uma solução viável para consertar a estrutura de capital da Petrobras" ... O banco avalia que a nova equipe poderia ver essa alternativa como uma estratégia para recapitalizar a empresa e viabilizar o desenvolvimento de reservas incomporáveis através da exploração do pré-sal. "Nossa estimativa é de que um aemissão de ações entre US$ 30 a 40 bilhões fariam com que os níveis da dívida da Petrobras convergissem para níveis mais confortáveis".... A segunda questão é como o governo federal participaria, vendo dificuldades do governo de injetar dinheiro novo na empresa, dado o equilíbrio fiscal atual do país. A alternativa de venda de barris de petróleo adicional na Petrobras, como foi feito no aumento de capital anterior... A opção menos perturbadora seria considerar uma conversão de dívida que tem exposição do BNDES e que o Morgan estima entre US$ 18 bilhões e US$ 20 bilhões.
http://www.infomoney.com.br/petrobras/noticia/3952431/uma-possivel-temida-oferta-acoes-petrobras-viavel-morgan-responde

4) Via venda de barris de petróleo a ser descoberto no Pré-Sal, como foi feito no aumento de capital anterior em 2010

5) Por fim, a ultima opção seria via emissão de moeda mesmo, já que a União tem essa divida com todos os brasileiros de ter quebrado a Petrobras e sabe que a recuperação de confiança pelos agentes de mercado no País, passa obrigatoriamente pelo resgate da sua maior locomotiva que é a Petrobras.

font: forum.infomoney.com.br

Leia mais sobre privataria aqui:

Eletropaulo, Sabesp, Tim, Oi… A privatização foi boa para você?
Livro: A privataria tucana
http://defendaseudinheiro.com.br/eletropaulo-sabesp-tim-oi-a-privatizacao-foi-boa-para-voce


At. te.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

sábado, 2 de maio de 2015

"A batata do Lula está assando"

Vejam só estas:


Exame ‏@exame_com - Há 7 horas

Lula é investigado por tráfico de influência
http://abr.ai/1ELrj6A

Ele conseguirá nova "boquinha" no planalto em 2018??

Com a palavra a MAV-PT, quiçá a "MAV-PSDB" !!!

terça-feira, 11 de novembro de 2014

O único jeito da esquerda não quebrar, é o Lula mandar na Dilma até 2018

Para começar tem que fazer logo a Dona engolir o choro e aceitar o Meirelles como novo ministro da fazenda.
Depois ajustar a política econômica, liberar o Banco Central para ser independente e deixar o câmbio flutuar.

Assim irá resgatar a confiança dos investidores, tirar o país da lama e garantir a estabilidade econômica, política e financeira do país.

Além do mais importante para a esquerda: ELEGER O LULA PRESIDENTE 2018.