segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Elefante Branco - Filme 2012

Elefante Blanco, título original deste ótimo filme do cinema argentino, retrata de forma bem atual as mazelas da luta por moradia digna que envolve o povo, movimentos sociais, aqui no caso é representado pela Igreja Católica, em rota de conflito com poder público e crime organizado.

Pode-se dizer que é um clássico para quem é adepto ou admirador de democracia social/socialismo.

Super recomendo!!

SINOPSE:

O padre Julián (Ricardo Darín) e o padre Nicolás (Jérémie Renier) trabalham ajudando os menos favorecidos na favela de Villa Virgen, periferia de Buenos Aires. O local é um antro de violência e miséria. A polícia corrupta e os próprios sacerdotes da Igreja nada fazem para mudar essa realidade e os dois clérigos terão de por suas próprias vidas em risco para continuar do lado dos mais pobres.



adorocinema.com/filmes/filme-202973

Até mais.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Os 10 números que mostram a decadência do PT

Os especialistas em política já esperavam que o ParTidão não tivesse bons resultados nestas eleições, porém a análise mostra o impacto gigantesco da crise vivida pelo PT. São números realmente catastróficos.

Não foi uma surpresa, mas os números do PT nas eleições de 2016 conseguiram ressaltar o momento complicado pelo qual vive o partido que governou o país nos últimos 13 anos. Os recentes protestos pelo país que pressionaram a ex-presidente Dilma Rousseff, não só se espalharam para todo o PT como se refletiu no desempenho de seus candidatos, levando a uma grande queda no número de vitórias em todas as regiões.

E este efeito terá grande reflexo daqui para frente. Além da perda da força política para as eleições de 2018, o PT também deve ter grandes problemas no Congresso, por conta da menor capacidade de conseguir apoio pelo fato de que a sigla não terá muitas prefeituras para ajudar na campanha daqui dois anos.

Os 10 números catastróficos que mostram a decadência do PT

Veja abaixo 10 dados que mostram por que o PT saiu das eleições como o partido mais derrotado do país:

1 - Número de prefeituras A queda de prefeituras fará o partido voltar quase para o nível "pré-Lula". Em 2000, a sigla tinha 187 prefeituras pelo país, com um salto ocorrendo quatro anos depois, com apoio na vitória presidencial, passando para 411 prefeitos eleitos em 2004. O resultado do partido continuou crescendo, com o pico ocorrendo em 2012, quando o PT conquistou 644 prefeituras.

Neste ano, apenas 256 petistas foram eleitos, sendo que ainda existem mais sete que disputarão o segundo turno, podendo elevar o resultado para 263. Porém, mesmo no melhor cenário, com todos eles vencendo, a queda em relação a 2012 será de 59%, sendo o pior resultado entre todos os partidos.

2 - Ranking dos partidos Com a forte queda na quantidade de prefeitos eleitos, o Partido dos Trabalhadores também desabou no ranking por partidos. Em 2012 a sigla era a terceira na quantidade de prefeituras, este ano passou para décima, ficando atrás de DEM e PTB.

3 - Número de votos O partido também foi o que teve a maior queda em número de votos para prefeito no primeiro turno. Seus candidatos receberam, ao todo, 6,8 milhões de votos, contra 17,2 milhões há quatro anos, o que representa uma queda de 60%.

4 - Receita Com o resultado mais fraco nas urnas, o PT também deve ter menos receita e população administrada por seus filiados. O jornal Folha de S. Paulo fez um levantamento com dados de 4.817 cidades e informações na Secretaria do Tesouro Nacional, indicando uma queda de 84% no volume de receitas que serão geridas por prefeitos petistas. A estimativa, segundo a publicação, é conservadora, sem atualização da inflação. A receita, segundo este levantamento, deve cair de cerca de R$ 84 bilhões em 2012 para R$ 13,5 bilhões.

5 - Derrota nas grandes cidades Não deixa de ser um reflexo do desempenho geral, mas o PT também mostrou um péssimo resultado quando o assunto são as grandes cidades (com mais de 200 mil eleitores). Das 94 maiores cidades do país, o PT só elegeu um prefeito e foi pra sete segundo turnos.

6 - Resultado para vereador No pleito para vereador o PT também mostrou grande perda de força elegendo apenas 2.808 candidatos. Isto deixa o partido na décima colocação entre as siglas que mais conseguiram eleger candidatos. PMDB, com 7.570, e PSDB, com 5.369, foram os dois partidos que mais tiveram vitórias.

7 - Sem força em seu próprio reduto No ABC Paulista, considerado o maior reduto petista, o partido não conseguiu ficar com nenhuma prefeitura. Em São Caetano a disputa já foi definida e colocou Auricchio (PSDB) como o novo prefeito. Já em São Bernardo do Campo o candidato petista não conseguiu nem passar para o segundo turno, que será disputado entre Orlando Morando (PSDB) e Alex Manente (PPS). Santo André é a esperança da sigla, que colocou Carlos Grana para enfrentar Paulo Serra (PSDB) no fim deste mês.

8 - Filho de Lula derrotado Nem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguiu mostrar alguma força no pleito. Em São Bernardo do Campo, um de seus filhos, Marcos Cláudio Lula da Silva, não conseguiu ser reeleito para o cargo de vereador. Marcos Lula é filho do primeiro casamento de Marisa Letícia, esposa de Lula, e adotado pelo ex-presidente. Ele teve apenas 1.504 votos este ano, enquanto em 2012 foram 3.882. 9 - Pior votação em São Paulo Desde 1992, o PT nunca ficou fora do segundo turno - ficou desta vez. Ao receber 16,7% dos votos válidos, Haddad ficou atrás até mesmo de Eduardo Suplicy, que, ao enfrentar Jânio Quadros na disputa pela prefeitura, em 1985, chegou à marca de 19,75%. 10 - Governadores perderam nas capitais Dos quatro governadores do PT (Acre, Minas Gerais, Piauí e Bahia), apenas o do Acre, Tião Viana, conseguiu superar as dificuldades e eleger o prefeito da capital. Em Rio Branco, o vencedor ainda no primeiro turno foi o engenheiro Marcus Alexandre, que renovou o mandato na prefeitura e conseguiu 54,8% dos votos válidos.
m.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/5607923/numeros-catastroficos-que-mostram-decadencia

quinta-feira, 23 de junho de 2016

O estilo de vida da Geração Y quebra o varejo mundial

Afinal de contas, por que o por que o estilo de vida da Geração Y prejudica o varejo mundial ?
Confira abaixo e descubra o motivo que levou esta geração a se interessar mais pelo estilo de vida do que o consumo para vida:

O estilo de vida da Geração Y quebra o varejo mundial

A Geração Y já representa o maior grupo de pessoas vivas nos Estados Unidos. No mundo, alcançará a marca de 44% da população economicamente ativa em 2025, segundo previsão da consultoria Booz Allen em 2010. Mesmo assim, nada disso significa que todos os setores econômicos deveriam focar majoritariamente nesse grupo. Para o varejo, aliás, pensar nos “millenials” pode ser um erro, de acordo com o especialista Robin Lewis.

Com experiência de quarenta anos em estratégias de operações e consultoria nas indústrias de varejo e de produtos consumíveis, Lewis explicou que acredita que a geração como um todo é uma “ameaça” ao varejo. A declaração foi feita em seu blog, Robin Report.

“Essa é uma geração maior que os boomers em população, mas suas carteiras são menores, e eles gostam mais de estilo de vida do que de coisas na vida”, explicou o consultor que já trabalhou em companhias como DuPont, VF Corporation, Women’s Wear Daily (WWD), e Goldman Sachs. “Eles não gostam muito de compras, o que explica porque os shoppings estão sofrendo. Além disso, eles conseguem encontrar tudo o que quiserem em seus celulares”.

A preferência por experiência pode ser vista no dia a dia. Como explicou o autor de best seller Jim Cramer, um dos maiores gastos desse grupo de pessoas é a comodidade de se transportar usando o Uber. Em seguida, o próprio celular, que não é um item comprado em quantidade.
infomoney.com.br/minhas-financas/consumo/noticia/5200644/por-que-estilo-vida-geracao-prejudica-varejo-mundial

Veja também:

Vídeo documentário: PROPAGANDA

Até mais.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

O que é e para que serve a DRU?

O governo do presidente inteirino, Michel Temer, conseguiu aprovar há poucas horas no Congresso a Desvinculação de Receitas da União (DRU), além de retorná-la, pois tinha vencido o seu prazo, também aumentou o percentual pro governo federal gastar à vontade, 30%. Que beleza!

Afinal de contas, O que é e para que serve a Desvinculação de Receitas da União (DRU)?

Clique aqui e descubra.

Vale a pena ressaltar as conclusões, pois o texto do link acima é bem extenso:

" ... São válidas as seguintes conclusões: (1) atualmente, a maior parte dos recursos desvinculados de contribuições sociais retorna ao orçamento da seguridade social, de forma que a redução de seus recursos é hoje muito menos relevante que no passado; (2) não se pode afirmar que a área de educação tenha perdas de recursos e, a partir de 2011, não haverá mais desvinculação de recursos de MDE; (3) o FAT abre mão de recursos para gastos com o seguro-desemprego e outras ações a seu encargo e de seu patrimônio aplicado no BNDES.

A possibilidade de troca de fontes de recursos enfraquece o argumento de que a DRU reduz os gastos sociais: o que se retira por meio da DRU pode voltar para aquela área por meio de alocação de recursos orçamentários livres.

Ademais, cabe observar que os gastos da seguridade social não são determinados pela disponibilidade de recursos vinculados e, sim, pelas decisões de criação ou aumento de despesas públicas. Na área de educação, a criação de cargos e o aumento de sua remuneração determinam parte substancial da despesa. Em relação ao FAT, suas despesas dependem do valor do salário mínimo e das regras de concessão do seguro-desemprego.

Por outro lado, se não houvesse a DRU, a diferença entre a arrecadação total de contribuições sociais e a despesa total da seguridade geraria a impressão de que estaria “sobrando” dinheiro na seguridade, o que estimularia o aumento de gastos na área.

Esse raciocínio, contudo, não é correto. Como visto acima, o Governo Federal elevou fortemente a tributação por meio de contribuições sociais para gerar recursos não só para a seguridade, mas também para o financiamento do orçamento fiscal. O foco no aumento de contribuições, em vez de impostos, foi para evitar partilhar as receitas com estados e municípios.

Se a DRU for simplesmente extinta, e toda a receita de contribuições tiver que ser alocada no orçamento da seguridade, os R$ 9 bilhões que atualmente são transferidos liquidamente do orçamento da seguridade para o orçamento fiscal (vide Tabela 1) se converterão em gastos públicos, aumentando o déficit público e exigindo a elevação de impostos para o custeio das despesas do orçamento fiscal.

O mesmo ocorrerá com os R$ 7 bilhões líquidos que a DRU retira do FAT.

A extinção da DRU também retira do Governo a possibilidade de promover novas elevações de tributação via contribuições sociais nos momentos em que desejar reforçar o caixa da União.

Podemos concluir que a DRU ainda é necessária, embora talvez menos que no passado, devido à progressiva redução de sua base de cálculo.

As sucessivas prorrogações da DRU mostram a necessidade desse mecanismo, ainda que como alternativa a uma ampla reforma nas finanças públicas brasileiras. A Constituição Federal de 1988 incorporou inúmeras demandas da sociedade, especialmente nas áreas de saúde, assistência e previdência social. Muitas dessas demandas assumiram a forma de vinculações de receitas a órgão, fundo ou despesa. A DRU surge como uma forma de reduzir essas vinculações, dada a dificuldade política de realizar uma reforma fiscal abrangente. Em visão mais ampla, a desvinculação representa um mecanismo para compatibilizar o arcabouço da Constituição de 1988 com a bem-sucedida estabilização econômica de 1994. "




Até mais

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Michel Temer é inimigo do mercado?

Desde que o presidente interino tomou posse que a bolsa cai e o dólar sobe. Vem fazendo vítimas atrás de vítimas na bolsa de valores com o seus sustos.

Banco do Brasil foi um destes papéis a ter queda forte após ameaça de liquidação do Fundo Soberano, fortemente exposto em ações do banco (BBAS3).

Agora parece que tem-se novas vítimas via BNDES:
sede do BNDES no centro do Rio

O "novo BNDES" pode movimentar R$ 51 bilhões e afetar 30 ações na Bolsa; veja as impactadas
Em relatório, a equipe de análise do BTG Pactual mostra quais as eventuais impactadas com uma venda total ou parcial do BNDES em empresas da Bolsa


Confira abaixo as empresas com participação no BNDES por setor:
Confira abaixo as empresas com participação no BNDES por setor

Na tabela abaixo, você confere a lista de empresas em ordem da mais impactada para a menos impactada:
Na tabela abaixo, você confere a lista de empresas em ordem da mais impactada para a menos impactada

A hipótese de venda de participação do BNDES ocorre em meio a anúncio de alterações na visão do governo sobre o banco de fomento. Na terça, o presidente interino Michel Temer e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles propuseram a devolução de pelo menos R$ 100 bilhões em recursos repassados pelo Tesouro nos últimos anos que, no total, somam R$ 500 bilhões. Temer afirmou que a ideia é que R$ 40 bilhões sejam devolvidos neste momento e o restante no futuro.

Agora na opinião de esquerdopatas, o governo do Michel é inimigo do trabalhador e amigo do mercado. Quem poderá nos defender??

Quem poderá nos defender? Eu, Chapolim Colorado

Pacote de Temer é a favor do mercado e contra o trabalhador

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Samba - filme 2014

Ótimo filme francês que aborda o drama dos imigrantes irregulares na França até que de forma cômica, porém sem perder o respeito com o sofrimento de quem lá vive nesta situação.

O filme é dirigido e escrito por Olivier Nakache e Éric Toledano. No elenco estão os atores Omar Sy, Charlotte Gainsbourg, Tahar Rahim e Izïa Higelin como protagonistas.

Demais informações sobre a película:

Data de lançamento: 7 de setembro de 2014 (mundial)
Direção: Olivier Nakache, Éric Toledano
Música composta por: Ludovico Einaudi
Produção: Omar Sy
Indicações: César de Melhor Atriz Coadjuvante, Prêmio do Cinema Europeu: Prêmio do Público

Samba - filme 2014

Super recomendo. Filme bom demais.

terça-feira, 3 de maio de 2016

A Onda - filme 2008

Filme simplesmente sensacional. Um dos melhores filmes com adolescentes já criados até hoje. Produção alemã fora de série. Aliás, o nome do filme em alemão é Die Welle. Vale muito a pena conferir!



A película narra a história numa escola de ensino médio da Alemanha, relativo à duas disciplinas eletivas, as quais os alunos tem de escolher, anarquia ou autocracia. O professor Rainer Wenger, vivido pelo ator Jürgen Vogel, é posto para dar aulas da disciplina autocracia. Então ele decide a partir do primeiro dia de aula montar um regime fascista dentro da sala de aula. Os alunos dão o nome de "A Onda" ao movimento, escolhem um uniforme e inclusive uma saudação. Infelizmente o professor perde o controle da situação, os alunos começam a propagar "A Onda" pela cidade, tornando o projeto escolar em um movimento real. Quando as coisas começam a ficar sérias e fanáticas demais, Wenger tenta por um fim no movimento "A Onda", porém aí já era tarde demais.

Uma aula sobre regimes políticos formados com ditadura. Enfim, as coisas até funcionam, mas é um preço bem caro que as pessoas precisam pagar.

Até mais.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Crimes Ocultos - filme 2015

Crimes Ocultos, top filme de suspense numa Rússia da época do Stalin, ditadura comunista de extrema esquerda. Filme bem tenso, do começo ao fim com tudo meio dúbio, numa atmosfera em que ninguém confia em ninguém.

Tom Hardy é o protagonista.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Desemprego em dois digitos: 10,2%

Eis que mais uma marca foi alcançada pelo pior governo do Brasil desde a saída dos milicos do poder, ou seja, desde a redemocratização brasileira:

- Hoje o IBGE divulgou a PNAD Contínua, com taxa de desocupação de 10,2% no trimestre móvel encerrado em fevereiro, acima dos 9,5% do trimestre até janeiro, e dos 7,4% do mesmo período de 2015. A partir de março, o IBGE desativou a PME e passa apenas a divulgar a PNAD Contínua, mais abrangente por englobar os 5,5 mil municípios do País.

A população desocupada cresceu 13,8% (mais 1,3 milhão de pessoas) na comparação com o trimestre de setembro a novembro/2015 e 40,1% contra o mesmo trimestre do ano passado; a ocupada recuou 1,1% (menos 1 milhão de pessoas) e 1,3% pela mesma base de comparação e o número de empregados com carteira assinada registrou queda de 1,5% (menos 527 mil pessoas) e 3,8%, respectivamente. Já o rendimento médio real dos trabalhadores foi a R$ 1.934, estável frente ao trimestre de setembro a novembro/2015, mas recuando 3,9% contra o mesmo trimestre do ano passado.

Por grupamentos de atividade, contra o trimestre anterior, na análise de contingentes de ocupados a indústria geral apresentou retração de 5,9%, informações, atividades financeiras, imobiliárias e outras (-2,5%) e administração pública, defesa, seguridade, etc (-2,1%).

Nossa opinião. A taxa de desocupação deve seguir na casa de dois dígitos ao longo do ano, caminhando para um patamar mais próximo de 12% da PEA no final deste, dada o atual nível de recessão.

Veja a EVOLUÇÃO DA TAXA DE DESOCUPAÇÃO (EM %): grafico-pnad-continua-abril-2016-desemprego-em-dois-digitos-10.2-porcento.jpg
Lopes Filho

Veja também:

Empiricus: Brasil está tecnicamente quebrado

terça-feira, 19 de abril de 2016

A "democracia" Cubana reelege Raul Castro para mais 5 anos

A democracia (só que não) de Cuba reelege Raul Castro para mais 5 anos de mandato.

De acordo com a Folha, o ditador Raúl Castro foi reeleito líder do Partido Comunista de Cuba para um segundo mandato de cinco anos. Outros veteranos manterão suas posições no topo da hierarquia política do país, frustrando as expectativas de que surgiriam pistas sobre a sucessão de Raúl no 7º Congresso do Partido Comunista, que termina nesta terça (19).

Este era o sonho de consumo dos vermelhinhos brasileiros, mas felizmente eles tomaram um cartão vermelho no último domingo na Câmara dos Deputados.

Chega de ditadura bolivariana mortadela no continente americano. Vai de retro!!!

Congresso cubano reelege Raúl Castro e frustra expectativas sobre sucessor - 19/04/2016
Congresso cubano reelege Raúl Castro e frustra expectativas sobre sucessor - 19/04/2016 15:10 - HAVANA, April 19, 2016 - Delegates attend the 7th congress of the Cuban Communist Party in Havana April 18, 2016.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Venezuela tem feriado prolongado até segunda ordem

Que delícia de país. Agora todo final de semana tem feriadão, sexta-feira virou sábado.

São coisas que só uma Revolução Bolivariana faz por você. Para todas as outras coisas tem Mastercard.

Venezuela transforma sextas-feiras em feriado para amenizar crise de energia
Medida é adotada pelo presidente Nicolás Maduro em um momento em que o país enfrenta blecautes constantes
07/04/2016 11:56:37 - Atualizada às 07/04/2016 12:11:37

Nicolás Maduro e seu socialismo falido

Até mais.

quinta-feira, 31 de março de 2016

Impeachment não é golpe, é remédio institucional, diz FHC

O Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse em entrevista que impeachment não é golpe, porém é um remédio institucional. Ele ainda defendeu que o PSDB deve caminhar unido pelo impedimento da presidente Dilma Rousseff.

Confira matéria a seguir:

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2016/03/impeachment-nao-e-golpe-e-remedio-institucional-afirma-fhc-5682367.html Impeachment não é golpe, é remédio institucional, afirma FHC

Ministros do STF dizem que impeachment não é golpe - 23 Março 2016 | 22h 32
Cármen Lúcia e Dias Toffoli afirmam que processo é legal, desde que o processo respeite a Constituição; a magistrada também defendeu a Operação Lava Jato


Veja também este comentário oriundo da notícia Maioria dos ministros decide que investigação sobre Lula deve ser analisada pelo STF, postado no site InfoMoney:

OS SETE CRIMES DE DILMA

1- CRIME DE RESPONSABILIDADE

Obstrução da Justiça I Diálogo Dilma/Lula e atos da nomeação

Em diálogo entre a presidente e o antecessor, Dilma disse a Lula que enviaria a ele um “termo de posse” de ministro para ser utilizado “em caso de necessidade”. A presidente trabalhava ali para impedir que Lula fosse preso antes de sua nomeação para a Casa Civil. Os atos seguintes corroborariam o desejo de Dilma de livrar Lula de problemas com a Justiça. Enquanto o presidente do PT informava que a posse ocorreria na terça-feira 22, o Planalto mandava circular uma edição extra do Diário Oficial acelerando a nomeação.

Obstrução da Justiça II Nomeação do Ministro Navarro

O senador Delcídio do Amaral afirmou em delação que a presidente, numa tentativa de deter a Lava Jato, o escalou para que fosse um dos responsáveis por articular a nomeação do ministro Marcelo Navarro Dantas, do STJ, em troca da soltura de presos.

Obstrução da Justiça III Compra do silêncio de Delcídio

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, foi escalado para convencer o senador Delcídio a não fechar acordo de delação com o Ministério Pública Federal, e chegou a insinuar ajuda financeira.

Obstrução da Justiça IV 5 ministros na mão

O senador Delcídio afirmou que Dilma costumava dizer que tinha 5 ministros no Supremo, numa referência ao lobby do governo no STF para barrar a Lava Jato.

Enquadramento legal Inciso 5 do Art. 6º da Lei 1.079/1950: Opor-se diretamente e por fatos ao livre exercício do Poder Judiciário.

2- CRIME DE DESOBEDIÊNCIA

Nomeação de Lula no Diário Oficial Apesar de decisão da Justiça Federal que sustava a nomeação do ex-presidente para a Casa Civil, Dilma fez o ato ser publicado no DOU.

Enquadramento legal Art. 359 do Código Penal: Exercer função, atividade, direito, autoridade ou múnus, de que foi suspenso ou privado por decisão judicial.

3- EXTORSÃO

Ameaças para doação de campanha Ricardo Pessoa, da UTC, afirmou ter pago propina à campanha presidencial em 2014 porque foi ameaçado pelo ministro Edinho Silva, então tesoureiro de Dilma, de ter obras canceladas com o governo.

Enquadramento legal Art. 158 do Código Penal: Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica.

4- CRIME ELEITORAL

Abuso de poder político e econômico na campanha Dilma é acusada em ação no TSE de se valer do cargo para influenciar o eleitor, em detrimento da liberdade de voto, além da utilização de estruturas do governo, antes e durante a campanha, inclusive recursos desviados da Petrobras.

Caixa 2 A Polícia Federal apontou no relatório de indiciamento do marqueteiro do PT João Santana e de sua mulher que o casal recebeu pelo menos R$ 21,5 milhões entre outubro de 2014 e maio de 2015 do “departamento de propina” da Odebrecht. Isso reforça as suspeitas de caixa 2 na campanha, descrita no Código Eleitoral como “captação ilícita de recursos”.

Enquadramento legal Art. 237, do Código Eleitoral: A interferência do poder econômico e o desvio ou abuso do poder de autoridade, em desfavor da liberdade do voto, serão coibidos e punidos com cassação e ineligibilidade.

5- CRIME DE RESPONSABILIDADE FISCAL

Pedaladas fiscais A presidente Dilma incorreu nas chamadas “pedaladas fiscais”, a prática de atrasar repasses a bancos públicos a fim de cumprir as metas da previsão orçamentária. A manobra fiscal foi reprovada pelo TCU.

Enquadramento legal Inciso III do Art. 11 da Lei 1.079/1950: Contrair empréstimo, emitir moeda corrente ou apólices, ou efetuar operação de crédito sem autorização legal.

Decretos não numerados Dilma descumpriu a lei ao editar decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem aval do Congresso. Foram ao menos 6 decretos enquadrados nessa situação.

Enquadramento Legal Inciso VI do Art. 10 da Lei 1.079/1950: Autorizar a abertura de crédito em desacordo com os limites estabelecidos pelo Senado, sem fundamento na lei orçamentária ou com inobservância de prescrição legal.

6- FALSIDADE IDEOLÓGICA

Escondendo o rombo nas contas A presidente Dilma maquiou a situação real da economia do país no ano eleitoral.

Enquadramento legal Art. 299 do Código Penal: Omitir, em documento público, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante.

7- IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Visita político-partidária Dilma foi denunciada na Justiça por mobilizar o aparato público – avião, helicóptero, seguranças – para se solidarizar com Lula em São Bernardo, um dia após o petista sofrer condução coercitiva para prestar depoimento à PF no inquérito da Operação Lava Jato.

Enquadramento legal Art. 11 da Lei nº 8.429/1992: Constitui ato de improbidade que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições.

Confira também:

O processo de impeachment | N° Edição: 2416 | 24.Mar.16 - 20:00 | Atualizado em 31.Mar.16 - 19:44
Os 7 crimes de Dilma
A PF, o MP e a Justiça Eleitoral já reúnem elementos para enquadrar a presidente em pelo menos sete crimes
Sérgio Pardellas


Até mais.

segunda-feira, 28 de março de 2016

O PMDB é o melhor partido para governar este país

Eles estão em todos os governos desde a redemocratização do país.

Existem desde a ditadura militar.

Possuem trânsito livre em todas as esferas da política brasileira.

Querem deixar de ser coadjuvantes para serem protagonistas.

A hora é agora. O povo deve se manter vigilante, assim como todas as instituições que compõe a democracia deste país. Se "pisarem na bola", voltem para as ruas.

Temer, vice tipo Underwood?

Segunda-feira, 28/03/2016, às 19:03, por Cristiana Lôbo
Ministro do Turismo, Henrique Alves entrega pedido de demissão


Não deixe de conferir:

Seriado House Of Cards


Viva a democracia!

sábado, 26 de março de 2016

Dilma e o direito de não ser grampeada

Segue para quem interessar um texto recebido de um conhecido:

Para os que defendem o "direito" da presidenta não ser grampeada. Sensacionaláesse texto!!

Dona Dilma me diz: "Grampeia o presidente dos Estados Unidos e vê o que acontece com quem grampear".

Só queria usar o mesmo raciocínio para dizer pra dona Dilma:

- Saqueie uma empresa estatal americana pra ver o que acontece;

- Presida um Conselho de uma empresa americana onde todo mundo rouba, onde se superfaturam a compra de outras, onde se congela o preço do produto pra maquiar a economia do país e depois diga que "não sabia de nada" pra ver o que acontece;

- Contrate médicos cubanos pra atuar nos Estados Unidos, pagando a maior parte de seus salários ao governo de Cuba e deixe o sistema de saúde do país cada vez mais destruído pra ver o que acontece;

- Minta descaradamente sobre a situação econômica dos Estados Unidos só pra se reeleger e diga depois que não sabia o tamanho da encrenca pra ver o que acontece;

- Abrace, favoreça, defenda, distribua cargos pra políticos corruptos só pra ter apoio político lá nos Estados Unidos pra ver o que acontece;

- Crie ministérios só pra acomodar a corja, gaste mais do que tem, libere empréstimos que ninguém sabe quanto e pra quem, construa porto em Cuba enquanto a economia de seu país definha, depois venha pedir sacrifício ao povo e crie mais impostos pra ver o que acontece;

- Viaje para Paris com um séquito gigantesco, use dois aviões, hospede-se no hotel mais caro, gaste milhares de dólares em transporte (incluindo várias limusines), enquanto seu país vive a maior crise econômica e você tá pedindo sacrifícios. Faça isso nos Estados Unidos, pra ver o que acontece!;

- Demore uma semana pra dar atenção a uma tragédia ambiental que destrói uma cidade e mata pessoas e quando resolver se mexer, dá uma voltinha de helicóptero, pra não sujar os pezinhos, faça isso nos Estados Unidos pra ver o que acontece;

- Pegue o avião oficial saia correndo em menos de 24 horas só pra ir à casa de um investigado da Polícia Federal e ser "solidária", faça isso nos Estados Unidos pra ver o que acontece;

- Nomeie um investigado, com batom na cueca inteira, pra um ministério, só pra protegê-lo de uma cana, faça isso nos Estados Unidos pra ver o que acontece;

Ah, dona Dilma... pena para nós (e sorte sua) que não olhamos para os Estados Unidos com mais frequência e como exemplo. Não que eles sejam o suprassumo, a maravilha perfeita. Longe disso. Mas, se copiássemos algumas coisinhas de lá, a senhora, sua corja, Temer, Mercadante, Cunha, Renan, Sarney, Maluf e tantos outros, já estariam no lixo da história política brasileira faz tempo.

Cadeia para todos que cometeram atos de corrupção seja de direita ou esquerda.



Feliz Páscoa a todos amigos de Direita, Centro e Esquerda.

Até mais.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Útil ao impeachment, Eduardo Cunha parece ter o "corpo fechado"

Ter o corpo fechado significa que um ser não sofrerá nenhum mal, o que parece ser o caso do presidente da câmara dos deputados que está blindado em seus trocentos processos no conselho de ética. Ali tudo corre bem lentamente, ao passo que o rito de impeachment da presidenta segue voando.

Talvez isto venha ocorrendo devido à uma forte falha do presidencialismo onde o ocupante do principal cargo do sistema pode afundar o país economicamente e politicamente, ficar sem base de apoio para governar no congresso, etc, mas ninguém pode removê-lo do cargo. Algo muito diferente do parlamentarismo. Sem maioria não se governa. Convoca-se novas eleições até ter a governabilidade. Num país cheio de divergências como o Brasil, precisando crescer para tirar mais pessoas da linha da pobreza, parece que o presidencialismo tem sido um verdadeiro atraso de vida.

Então viva nosso anti-heroi nacional!

Útil ao impeachment, Eduardo Cunha parece ter espécie de salvo-conduto
21/03/2016 09:29



Veja também:

Eduardo Cunha, o melhor presidente da câmara de todos os tempos, virou oposição

Até o próximo post.

quarta-feira, 16 de março de 2016

Lula é nomeado "primeiro ministro" da Casa Civil

Por conseguinte ele nomeou a Dilma como "rainha da Inglaterra", ou seja, teremos um parlamentarismo ou semi-presidencialismo, onde o ele manda e ela obedece.

Claro que ele não aceitou antes o convite por que não precisava de foro privilegiado e nem a Dilma dava o braço a torcer de mexer no governo. Eis que finalmente juntou a fome com a vontade de comer.

Pra frente Brasil, avante Seleção....

Lula é nomeado ministro; veja onde onde investir em meio a caos
Lula faz parte oficialmente da administração Dilma Rousseff


Até mais.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Bull Market Político na BM&FBOVESPA

Para variar o Kit Eleição voltou a atacar, Petrobras, Bancos, Elétricas e Vale, ou seja, aquelas empresas que tendem a se beneficiar diretamente com o fim do "desgoverno" atual.

O Ibovespa dispara 3% com delação premiada de Delcídio e ultrapassa os 46 mil pontos nesta tarde quinta-feira (03/03/2016) com a notícia de um suposto vazamento da delação premiada do ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), citando Dilma. Segundo as informações da Revista IstoÉ, Dilma tentou barrar o avanço da Operação Lava Jato, fato que faz nossa bolsa de valores descolar totalmente das bolsas internacionais, que hoje operam sem direção ainda repercutindo o cenário indefinido para o petróleo e a possibilidade de mais estímulos na China, além de dados positivos nos Estados Unidos

Veja mais a seguir:

Ibovespa salta 3% com delação premiada de Delcídio e ultrapassa os 46 mil pontos
bolsa de valores dispara com delação premiada de Delcídio

domingo, 28 de fevereiro de 2016

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Brasil faz Hat-Trick no rebaixamento e vai pedir música no Fantástico

Para quem não sabe, o termo Hat-trick em esportes é associado com alguma coisa que ocorre sucessivamente três vezes, geralmente de modo consecutivo.

O Brasil conseguiu ontem a proeza de perder o grau de investimento nas 3 maiores agências de risco do planeta, S&P, Fitch e agora na Moody's.
Moody's é terceira agência de risco a retirar selo de bom pagador do Brasil
crise-no-brasil

Parece que as coisas só tendem a piorar. O Brasil hoje, em mais um dia infernal para os mercados, foi colocado pelo banco norte-americano Goldman Sachs em trajetória de insolvência no médio prazo, uma boa notícia foi a redução de 1,5% da dívida pública em janeiro, contra dezembro, a R$ 2,74 trilhões. O banco também chamou atenção "a falta de urgência das altas autoridades do governo diante do quadro de piora fiscal". Disse sobre o governo, cada vez mais isolado, "que a impressão é que se tem é que está mais próximo da heterodoxia fiscal e do ativismo de crédito". Conforme disseram, "diante do desequilíbrio fiscal, cada vez mais difícil, os investidores já começam a temer pela sustentabilidade da dívida". Na opinião do Goldman, o PIB deve recuar entre 3% e 4% neste ano, em linha com a Consultoria, já com algumas casas prevendo -5%.

Sobre a dívida pública, a mesma recuou 1,5% em janeiro contra dezembro, puxada pela queda da dívida mobiliária interna, movimento este considerado sazonal, devido ao grande vencimento de títulos prefixados.

Como diz a Empiricus, o Brasil está tecnicamente quebrado!!

Até mais.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Usina Belo Monte começou operar

A primeira turbina foi ligada. Olhem só que eficiência dos desgovernos atuais, saiu no informativo da Lopes Filho na Mycap às 10h52 que a Usina Belo Monte vai ligar primeira turbina.

O reservatório da usina atingiu a altura necessária para ligar a primeira das 18 turbinas. Isto ocorre seis anos após o leilão da usina e após inúmeros problemas (principalmente ambientais) que a obra enfrentou. A previsão da Norte Energia, consórcio controlador da usina, é de que uma nova turbina seja ligada a cada dois meses, até atingir a capacidade plena, que é de 11.233 MW de potência. Trata-se de boa notícia para os sócios do projeto, entre eles Eletrobras, Cemig e Light.

Então façamos o seguinte, até ficar completamente pronta, vamos estudar Dicas para economizar energia elétrica, desta forma evitamos que tenha um apagão até 2018!

Obrigado Brasil, país da piada pronta e eu nunca vou deixar de rir!!!

usina belo monte

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Zika Olimpíca

Vários países, como EUA e Quênia, colocam em questão os Jogos Olímpicos do Rio, preocupados com o vírus.
Além de ser uma "zika" para as finanças nacionais, dar mais despesa do que receitas, além de deixar um legado pífio, assim como foi a copa do mundo, ainda temos mais este vexame, uma doença típica de país tropical subdesenvolvido assusta o Brasil e o mundo.

O Aedes aegypti tem tudo para faturar muitos ouros nesta olimpíada graças a uma incompetência governamental nunca vista antes na história deste país.

Ao que tudo indica o prejuízo ainda deve ser maior para os cofres brasileiros, pois muitos turistas assustados com a Zika, Dengue e Febre Chikungunya estão desistindo de viajar para o Rio nestas Olimpíadas de 2016.

Sorte da Grécia que só teve a Olimpíadas para fazer estrago em suas finanças. No Brasil o estrago é em dobro: Copa + Olimpíadas.

Deu "zika" !

Leia também:

Comitê Olímpico Britânico incorpora zika à preparação de atletas para a Rio 2016
Deu Zika nas Olimpíadas Rio 2016

Até mais.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Salário minínimo compra 2 lotes de Petrobras

Agora o povo brasileiro pode agradecer ao desgoverno eleito pela massa acéfala que conseguiu a proeza de deixar o mercado acionário petroleiro acessível a todo cidadão que ganha pelo menos um salário mínimo.



Quem vai encher o carrinho de ações da Petrobras??

DERROCADA 19-01-2016 | 18h35
Petrobras e Vale já caíram mais de 80% desde topo histórico em 2008; veja o ranking
Segundo levantamento da Economatica, 28 das 57 empresas que compõem o Ibovespa desabaram mais de 50% desde suas máximas históricas até o pregão da véspera

Até mais.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O "ajuste fiscal" sem ajuste, só aumento de impostos

Será que os mais ricos do Brasil irão deixar o dinheiro deles dando sopa em nosso sistema financeiro para ser sobretaxado ou teremos ainda mais evasão de divisas por vias legais e ilegais?

Este ajuste fiscal da base petista do governo só estima aumento de tributos e nada de cortes de gastos, além de esquecerem de priorizar uma melhora na gestão pública. Pelo jeito os profetas do mercado financeiro devem acertar mais uma vez e 2016 deve ser tão ruim ou pior que 2015.

Viva o Brasil.



Confira:

Lopes Filho - 12h04 : Maior taxação para 2016


Segmentos do PT estão elaborando uma agenda de ajuste fiscal a ser enviada a presidente Dilma neste início de ano.

Nesta, estaria em discussão uma série de medidas visando uma maior "justiça tributária para o País". Viria muito mais pela criação de novas alíquotas de impostos, a incidirem sobre camadas de alta de renda da população, do que nos cortes estruturais de gastos.

Dentre as medidas em estudo, teríamos a mudança das alíquotas de Imposto de Renda para Pessoa Física, elevando o piso de isenção, de R$ 1.900 para R$ 3.390, até a criação de uma alíquota de 40% para quem ganha mais de R$ 108.000 ao mês. Além disto, seriam criados o imposto de renda sobre lucros e dividendos e sobre remessas de recursos para o exterior, imposto sobre grandes fortunas, retorno da CPMF, taxação semelhante ao IPVA para jatos e helicópteros, legalização de jogos de azar, dentre outras.

Interessante observar que neste ajuste pouco se aventaria para a necessidade de reformas estruturais, maior racionalização dos gastos públicos, reforma do Estado, cortes de Pessoal, em especial nos cargos de confiança. E a Reforma da Previdência? Nem se comentou.